Dicas Para Blogueiras: Como Atingir Parcerias

Como Gerar Uma Conta No Google


É um dos grandes mistérios da era digital. A caçada por Satoshi Nakamoto, o esquivo criador do bitcoin, cativou até já aqueles que acreditam que a moeda virtual é uma espécie de esquema de pirâmide on-line. Depois, em 2011, no exato instante em que a tecnologia começou a atrair atenção mais ampla, os e-mails cessaram. De repente, Satoshi sumiu, porém as histórias sobre ele não pararam de crescer. Durante os últimos 12 meses, venho trabalhando em um livro sobre a história do bitcoin, e é árduo não me deixar trazer pela charada quase mística da identidade de Satoshi Nakamoto.


Um dia depois de publicada a reportagem, contudo, a maioria das pessoas que conhece bem o bitcoin de imediato havia concluído que a revista tinha apontado o homem incorreto. Algumas pessoas pela comunidade do bitcoin me disseram que, em deferência ao claro desejo de privacidade do criador da moeda virtual, não queriam acompanhar o mago desmascarado. Mas mesmo entre aqueles que fizeram essa afirmativa, poucos conseguiam resistir a um debate sobre isto as pistas deixadas pelo fundador. https://cucufate.kroogi.com/en/content/3639849-No-Brasil-Estamos-and-8220-trancados-E-Sem-Saand-237-daand-8221--Diz-Boni.html é um mistério quase tão amplo quanto Satoshi.



No evento, Szabo negou que fosse Satoshi, como o vem negando consistentemente em suas comunicações eletrônicas. Porém ele reconheceu que teu histórico deixava pouca incerteza de que era cota do baixo grupo de pessoas que, ao longo de décadas, trabalhando às vezes cooperativamente e às vezes em briga, lançaram as fundações para o bitcoin. E montaram vários dos componentes logo depois integrados à moeda virtual.


A mais ilustre cooperação de Szabo foi um predecessor do bitcoin chamado "bit gold", que atingia vários dos mesmos objetivos da moeda virtual e usava ferramentas parecidos de matemática avançada e criptografia. Podes ser impossível provar a identidade de Satoshi até que a pessoa (ou pessoas) que se ocultam por trás da cortina do bitcoin decida se expor e prove controlar as velhas contas de intercomunicação eletrônica de Satoshi.


  1. Onze de abril de 2017 - 21:Vinte e cinco
  2. Parágrafos separados
  3. 5 Edição de verbete: Medidas de tempo
  4. Episódio 454
  5. trinta e quatro preciso de um tutor! 34.Um Resposta da Béria
  6. O tema deve ter no máximo 320 caracteres
  7. QUANTO Aprender

A essa altura, a identidade do criador neste momento não é interessante para o futuro do bitcoin. Desde que Satoshi deixou de favorecer para o projeto, em 2011, a maioria do código de referência aberta da moeda virtual foi reescrito por um grupo de programadores cujas identidades são conhecidas. No entanto a história de Szabo fornece percepções sobre alguns elementos frequentemente incompreendidos na fabricação do bitcoin. O software não veio do nada, como se presume as vezes, no entanto, em vez disso, se baseou em ideias de múltiplas pessoas criadas no decorrer de décadas.


A história do bitcoin envolve mais que acessível curiosidade. O software veio a ser encarado em círculos acadêmicos e financeiros como um significativo avanço pela ciência da computação, que pode modificar a forma na qual o dinheiro funciona e é movimentado. Recentemente, bancos como o Goldman Sachs deram os primeiros passos em direção a adotar a tecnologia. Szabo manteve seu discreto envolvimento com o projeto.


No início de 2014, ele começou a trabalhar pra Vaurum, uma start-up (corporação iniciante de tecnologia) relacionada ao bitcoin e sediada em Palo Grande, Califórnia. A companhia vinha operando discretamente e teu propósito era fazer um mercado melhor pro bitcoin. Depois de sua chegada, Szabo ajudou a reorientar a corporação a término de sondar a perícia do bitcoin para operar com os chamados contratos inteligentes, que permitem transações financeiras autoexecutadas. 12,5 milhões em capital próximo a grupos de capital de risco. http://meublogpraciadosgames5.iktogo.com/post/tem-perguntas-sobre-o-assunto-hospedagem-de-pginas não quis discutir para este artigo.


O papel de Szabo na Vaurum necessitava ser mantido em segredo devido ao vontade de privacidade dele. Szabo acabou deixando a empresa no conclusão de 2014, nervoso com a exibição pública, disseram pessoas informadas a respeito as operações da companhia. Enquanto esteve lá, entretanto, o elenco de competências e de conhecimentos de que ele dispunha levou vários colegas a concluir que Szabo muito possivelmente esteve envolvido pela construção do bitcoin, mesmo que não tenha feito o trabalho sozinho. http://websobrelazernarede2.soup.io/post/659483511/O-Processo-Dos-tr-s-Ts-Para discussão, e consegui encurralá-lo na cozinha pela hora dos coquetéis. Quando questionado se acreditava que Satoshi sabia da existência teu serviço, Szabo falou apreender por que havia tanta especulação quanto ao teu papel no método.


O jantar começou, interrompendo http://dicasinterneteweb0-blog.wallinside.com discussão, e não tive nova oportunidade de deixar claro com Szabo. http://brideandgroom.com/members/supersitesobregamesemais484/activity/42894/ troquei e-mails com ele, Szabo repetiu sua negativa. Vários dos conceitos centrais pro bitcoin foram pensados em uma comunidade on-line conhecida como Cypherpunks, uma organização frouxamente conectada de ativistas da privacidade digital. Como parte de tua missão, eles resolveram construir um dinheiro virtual que pudesse ser tão desconhecido quanto o dinheiro físico. Szabo era membro da comunidade e em 1993 escreveu uma mensagem aos excessivo cypherpunks descrevendo as numerosas motivações dos membros de uma reunião do grupo que acabava de ocorrer. Szabo tinha uma mentalidade libertária. O que o atraía nessas ideias, ele me comentou, era em porção relacionado ao seu pai, que combateu os comunistas na Hungria nos anos 50 antes de se assentar nos Estados unidos, onde Szabo nasceu há 51 anos.


Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *